David Arioch – Jornalismo Cultural

Jornalismo Cultural

Eu e três corujinhas

leave a comment »

A corujinha ficou me observando enquanto eu passava (José Reynaldo da Fonseca)

A corujinha ficou me observando enquanto eu passava (Foto: José Reynaldo da Fonseca)

Há cerca de dois meses, caminhando pela Rua Chozo Kamitami, no Jardim Progresso, em Paranavaí, no Noroeste do Paraná, perto da casa onde passei anos da minha infância, não pude deixar de notar uma cena que se repetiu muitas vezes quando eu tinha menos de dez anos de idade. Uma corujinha-buraqueira ou caburé-do-campo, como preferir, ficou me observando enquanto eu passava. Então interrompi minha caminhada e prestei atenção nela, sem fazer movimentos bruscos.

Em seguida, outra corujinha se aproximou. E após 20 ou 30 segundos, uma terceira. As três, a menos de 20 centímetros de distância entre elas, repetiam os mesmos movimentos com a cabecinha amolgada. Me aproximei mais e nenhuma delas se afastou. Não houve fuga ou hostilidade. Ainda hoje quando passo pelo mesmo lugar no mesmo horário, elas estão lá, cada vez mais acostumadas com a minha presença.

Written by David Arioch

December 31, 2015 at 11:58 am

Leave a Reply

%d bloggers like this: