David Arioch – Jornalismo Cultural

Jornalismo Cultural

Kali

with 2 comments

15073405_1229816640443062_66558832310908531_nCheguei da academia, tomei banho e, faminto, preparei meu prato. Assim que sentei para jantar, houve um blecaute na minha rua. Sem me estressar, caminhei da cozinha até o quintal com o prato em mãos. Sentei numa dessas cadeiras tradicionais de varanda e jantei à luz da lua. Uma lua enorme que lançava uma luz anilada sobre mim e tudo que me cercava.

Depois descasquei uma laranja e a chupei. Assim que terminei, ouvi um som tétrico. Era a Kali, a frajola daqui de casa, me estranhando. Enquanto eu tentava entender a situação, ela soltou um miado oxítono e saltou em minha direção, enroscando suas unhas em minha barba. De repente, ela se acalmou, recolheu as garras e a expressão macabra em sua face desapareceu.

Não entendi nada até o momento em que fui ao banheiro escovar os dentes. Diante do espelho, havia duas sementes de laranja em minha barba, parecendo dois olhos miúdos. Provavelmente ela pensou que minha barba tivesse assumido a forma de um animal e ficou enciumada. O jantar à luz da lua não saiu tão barato. Me custou algumas unhadas no pescoço.

Contribuição

Este é um blog independente, caso queira contribuir com o meu trabalho, você pode fazer uma doação clicando no botão doar:





Written by David Arioch

September 9th, 2016 at 10:16 pm

2 Responses to 'Kali'

Subscribe to comments with RSS or TrackBack to 'Kali'.

  1. Kkkkkkk,adorei essa história.
    Gato e mesmo um bicho muito ciumento,mas eu os amo mesmo assim.

    Yana

    10 Sep 16 at 3:34 am

  2. Yana, muito obrigado! 🙂

    David Arioch

    10 Sep 16 at 10:56 am

Leave a Reply

%d bloggers like this: