David Arioch – Jornalismo Cultural

Jornalismo Cultural

Quando alguém faz piadas apelativas sobre os animais

without comments

O ser humano moderno, e mais ainda o hipermoderno, é o único que satiriza aquele que já foi relegado a uma deplorável vida de servidão

Quando alguém faz piadas apelativas sobre os animais para um vegano ou vegetariano, ele pode até sorrir, mas provavelmente é por educação, ou por não entender o que leva alguém a tirar sarro de um ser vivo que foi privado de ter uma vida natural para ser reduzido a produto.

Normalmente, o ser humano que debocha dos animais é aquele que compra carne, ovos e laticínios no mercado. Sendo assim, se satiriza outros seres vivos, pode ser por ausência de empatia em relação às outras espécies ou por desconhecer a história daquele ser vivo transformado em item de consumo.

Ou seja, em algum nível por ignorância. Por que isso é tão estranho? Por que os caçadores-coletores, que os defensores do consumo de produtos de origem animal tanto defendem, não debochavam dos animais que matavam, não os ridicularizavam.

O ser humano moderno, e mais ainda o hipermoderno, é o único que satiriza aquele que já foi relegado a uma deplorável vida de servidão seguida de morte. Nesse aspecto, há um esteio de involução.

Contribuição

Este é um blog independente, caso queira contribuir com o meu trabalho, você pode fazer uma doação clicando no botão doar:





Written by David Arioch

June 28th, 2017 at 7:07 pm

Leave a Reply

%d bloggers like this: