David Arioch – Jornalismo Cultural

Jornalismo Cultural

Se você fosse um animal explorado para benefício humano, com certeza você concordaria que a ética abolicionista é a melhor

without comments

Arte: Sue Coe

Não raramente alguém diz que a ética abolicionista é uma ética sim, mas não significa que seja a melhor. Se você for um ser humano, pode ser que não seja vista como a melhor, realmente. Mas se você for um animal explorado para benefício humano, pode ter certeza que é a melhor sim. Afinal, nem mesmo o ato de ser abraçado ou beijado reduz o peso da morte antecipada de um animal, sendo este o destino final. Além disso, toda ética de conveniência é uma ética muleta, porque, não sendo realmente honesta, induz os mais incautos a acreditarem que meias medidas são o suficiente. Mas suficientes para quem? Talvez para quem se beneficie dessa exiguidade. Por isso que a única ética animal verdadeiramente benéfica para os animais é aquela que rejeita a objetificação, que não endossa nenhum engodo nebuloso no que tange à exploração.

 

 





Leave a Reply

%d bloggers like this: