David Arioch – Jornalismo Cultural

Jornalismo Cultural

Ativista canadense denuncia crueldade por trás de grifes como Dolce & Gabbana

without comments

Vídeo mostra claramente o sofrimento desses animais explorados e mortos

O ativista dos direitos animais canadense Malcolm Klimowicz, da Kitchener Ontario Animal Liberation Alliance, divulgou recentemente imagens que ele registrou no ano passado em cinco das 40 fazendas em que visons são criados e mortos na região de Ontário para serem usados como matéria-prima na indústria de peles.

No vídeo registrado em diversas localidades é evidente o estado de privação e sofrimento desses animais confinados em pequenas gaiolas cobertas de ferrugem e cheias de excrementos. Em vários momentos, eles lutam para tentar escapar do confinamento. O registro audiovisual também mostra infestações de vermes próximos dos visons. Inúmeros animais, visivelmente estressados por serem privados de seu habitat, aparecem com diversos ferimentos na cabeça e no corpo.

Esse tipo de situação é incentivada por algumas das grifes mais famosas do mundo, como é o caso da Dolce & Gabbana que compra matéria-prima dessas fazendas para a confecção de bolsas, sapatos, casacos e outros itens baseados na pele dos visons.