David Arioch – Jornalismo Cultural

Jornalismo Cultural

Archive for the ‘Netflix’ tag

Mindhunter, uma boa opção para quem se interessa por séries sobre serial killers

without comments

Para quem se interessa pelo tema serial killers, recomendo a série Mindhunter, da Netflix. Creio que o diferencial maior é que o drama policial de David Fincher (diretor de filmes como Clube da Luta, Zodíaco e O Curioso Caso de Benjamin Button) é de fato baseada na realidade, inclusive com caracterizações fidedignas e diálogos reais ou parcialmente reais envolvendo alguns controversos psicopatas do século 20, como Ed Kemper III, Dennis Rader, Jerry Brudos, Monte Ralph Rissell, Richard Speck e Darrell Gene Devier. O livro que inspirou a série foi escrito pelo analista do FBI John E. Douglas. 

O drama policial também discorre sobre a origem dos termos serial killer, mass murderer, M.O. e signature. Em síntese, Mindhunter mostra como a partir do momento que surgiu o interesse não apenas por traçar o perfil psicológico de assassinos em série, mas também o desenvolvimento de metodologias que permitissem aprender algo sobre suas mentes, houve uma evolução na identificação desses criminosos. Os dez episódios da primeira temporada foram ao ar no dia 13 de outubro e já foi confirmada renovação para a segunda temporada.





Written by David Arioch

November 25th, 2017 at 11:52 pm

Documentário denuncia as mazelas da indústria de ração animal

without comments

Documentário está disponível na Netflix

Caso queiram conhecer as mazelas do mercado mundial de ração animal, dominado por cinco grandes conglomerados: Mars, Nestlé, Procter & Gamble, Hills e Big Heart Pet Brands, recomendo que assistam “Pet Fooled”, de Kohl Harrington, disponível na Netfix. O documentário lançado em 2016 mostra como esse mercado funciona sob conveniência e pode não estar tão preocupado com o bem-estar animal.

 

 





Written by David Arioch

August 4th, 2017 at 1:47 pm

Sobre a série “O Atirador”

without comments

Ryan Phillippe é o protagonista da série (Foto: Reprodução)

Comecei a assistir a série “O Atirador”, da Netflix, e pensei em parar quando vi o cara mirando a arma para um lobo, antevendo a morte do animal – clichê comum em séries e filmes. De repente, ele atira só para assustá-lo e usa outra arma para disparar um tranquilizante. Ele faz isso para livrar o lobo de uma armadilha colocada por caçadores. Depois, dois caçadores se aproximam, o ameaçam, fazem uma piada sobre caça e ele atira tranquilizantes nos dois. Ganhou meu respeito até o momento.

Claro que o uso de animais em obras audiovisuais sempre levanta questões envolvendo maus tratos, já que os animais não estão lá por espontânea vontade, mas creio que em meio a tantos filmes e séries que naturalizam a caça, é interessante ver uma abordagem que vá na contramão disso.





Written by David Arioch

May 24th, 2017 at 1:30 am

Narcos X Escobar, El Patrón Del Mal

without comments

p11993086_b_h10_ab

As duas séries estão disponíveis na Netflix (Fotos: Divulgação)

Gostei da série Narcos, mas devo dizer que Escobar, El Patrón Del Mal me surpreendeu. A qualidade técnica e de elenco de Narcos é bem evidente, no entanto, a série colombiana se destaca pela fidedignidade à história de Pablo Escobar. Existe algumas falhas no elenco de Escobar, principalmente quanto à qualidade das interpretações, mas o trabalho de pesquisa dos colombianos é surpreendente.

O que também faz valer a pena assistir as duas séries são as contraposições de versões sobre um mesmo fato, além da dissonância no comportamento de inúmeros personagens. Só para citar um exemplo, a série colombiana, mais fiel à história real, mostra outra versão do relacionamento de Pablo Escobar com os guerrilheiros.

Penso que o que acaba atraindo menos atenção para El Patrón Del Mal é que a série tem estrutura de novela, logo é mais longa e muitos episódios acabam tendo um ritmo muito lento, inclusive decaindo para o melodrama. Se bem que isso não é de se estranhar, já que é uma característica da cultura televisiva latina. No mais, creio que uma série acaba por complementar a outra, embora Narcos tenha um roteiro bem mais ficcional do que Escobar, El Patrón Del Mal.

Written by David Arioch

November 19th, 2016 at 3:15 pm