David Arioch – Jornalismo Cultural

Jornalismo Cultural

Mil pessoas viviam em comunidade vegetariana na Sibéria em 1932

without comments

Foto publicada na revista tcheca Sbratreni em 1932

Em 1932, havia uma comunidade vegetariana russa em Kuzneck, na Sibéria. No local, viviam mil vegetarianos pacifistas numa área de três mil hectares. O governo chegou a persegui-los e cogitou bani-los da União Soviética. Mudou de ideia com a chegada da Fome Soviética no mesmo ano. À época, foi a comunidade vegetariana que impediu que a população da região morresse de inanição. Eles produziam alimentos e dividiam com os necessitados.

 





Written by David Arioch

November 9th, 2017 at 11:23 pm

Leave a Reply

%d bloggers like this: