David Arioch – Jornalismo Cultural

Jornalismo Cultural

Drauzio Varella, consumo de leite e a Piracanjuba

with 2 comments

convite_facebook_instagram

Convite para as palestras de Varella que incentivam o consumo de leite (Fonte: Site Beba Mais Leite)

O médico Drauzio Varella, que se tornou uma referência para milhões de brasileiros, tem realizado palestras incentivando as pessoas a consumirem mais leite. Não são palestras realizadas de forma independente, mas sim patrocinadas pela Piracanjuba, o que acaba por ser um pouco controverso vindo de um conceituado profissional.

A Piracanjuba, ou Laticínios Bela Vista, é uma grande empresa que não apenas investe na exploração de animais em níveis industriais, como também foi investigada em 2015 pela Operação Leite Compen$ado, do Ministério Público do Rio Grande do Sul. À época, descobriram que lotes de leite adulterados com água e soda cáustica chegavam às indústrias Piracanjuba.

Particularmente, não acho correta essa atitude de um médico, porque quando ministramos uma palestra com patrocínio de uma indústria, de algum modo estamos passando um atestado de que confiamos nela.  Além disso, é importante considerar que nos últimos anos surgiram inúmeros estudos reprovando o consumo de leite, inclusive por parte da Universidade Harvard (referências ao final do artigo).

Outra importante referência no assunto é o médico estadunidense T. Colin Campbell, que é inclusive filho de ex-proprietários de laticínios e tem livros publicados no Brasil. Ele viaja o mundo falando sobre os malefícios do consumo de leite. Campbell é uma pessoa que dedicou décadas de pesquisa a isso, ao contrário do senhor Drauzio Varella, que embora tenha vasto conhecimento em outras áreas, fala de leite sem ser um especialista ou estudioso do tema, já que suas áreas de conhecimento são outras.

Também temos uma pesquisadora brasileira, a filósofa Sônia T. Felipe, que produziu um livro muito bom, também baseado em anos de pesquisa, que discute o impacto da produção de leite na sociedade e os efeitos dele na saúde humana. A obra intitulada  “Galactolatria: Mau Deleite”, lançada em 2012, pode inclusive ser adquirida através de contato pelo site homônimo. Ademais, nunca vi o senhor Drauzio Varella discutindo abertamente sobre esse assunto, mas somente falando sobre os benefícios do alto consumo de leite, sem dar margem para contraposições em relação ao consumo.

Observação

Minha crítica não diz respeito a todo o trabalho do médico Dráuzio Varella, mas somente a esse caso em específico.

Saiba Mais

Para a produção de quatro litros de leite são necessários 3,8 mil litros de água, de acordo com informações do documentário “Cowspiracy – O Segredo da Sustentabilidade”. Essa é a quantidade necessária em todas as etapas de produção.

Referências

http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2015/05/desta-vez-leite-adulterado-continha-so-agua-e-soda-caustica-4759744.html

http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2015/05/mp-flagra-leite-azedo-e-faz-nova-operacao-contra-transportadora-e-cooperativa-4759677.html

http://www.galactolatria.org/

http://www.huffingtonpost.ca/2013/07/05/harvard-milk-study_n_3550063.html

Calcium: What’s Best for Your Bones and Health?

http://nutritionstudies.org/provocations-casein-carcinogen-really/

http://nutritionstudies.org/provocations-dairy-protein-causes-cancer/

http://www.telegraph.co.uk/foodanddrink/healthyeating/10868428/Give-up-dairy-products-to-beat-cancer.html

Contribuição

Este é um blog independente, caso queira contribuir com o meu trabalho, você pode fazer uma doação clicando no botão doar:





2 Responses to 'Drauzio Varella, consumo de leite e a Piracanjuba'

Subscribe to comments with RSS or TrackBack to 'Drauzio Varella, consumo de leite e a Piracanjuba'.

  1. Obrigada por esse texto!

    Acrescento aqui dados extraídos do livro “Galactolatria: mau deleite”, de Sônia T. Felipe:

    A ‘produção’ de leite bovino em um ano (dados de 2009) consome aproximadamente:
    – 377.104.734 toneladas de grãos (que poderiam se destinar a alimentar mais pessoas);
    – 1.508.418.936 toneladas de forragens (que ocupam áreas de poderiam se destinar a outras plantações e/ou conter o desmatamento);
    – 6.410.780.503 litros de água dados às vacas;
    – 654.653.820.828 litros de água gastos durante o processamento.

  2. Já a algum tempo deixei de levar em conta comentários feitos pelo Dr Dráuzio Varella. E com essa defesa do leite foi a gota d’água. Fui operado dá tireóide, foi removida. Como a retirada dá tireóide causou deficiência de cálcio, tive que tomar suplementos.Mas nessa ocasião em uma consulta perguntei ao médico: Dr, como meu cálcio está baixo se tomo tanto leite ? A resposta foi: Esquece esse cálcio do leite, ele é insignificante…

    Isaias furtado

    19 Mar 17 at 11:47 am

Leave a Reply

%d bloggers like this: