David Arioch – Jornalismo Cultural

Jornalismo Cultural

Serial killers e crueldade contra animais

with one comment

tumblr_luyz6vizel1r13gsho1_500

Jovens que ficaram conhecidos como Os Maníacos de Dnepropetrovsk (Foto: Reprodução)

Tenho uma coleção de livros sobre serial killers, e é intrigante reconhecer como a maioria deles começou causando dor aos animais antes de escolherem alvos humanos. Como alguém pode dizer que causar sofrimento aos animais jamais levaria o ser humano a causar sofrimento aos seus semelhantes?

Entre os anos de 2013 e 2014, estudei sobre a vida de dois jovens ucranianos, um de 19 e outro de 21 anos, que ficaram conhecidos como Os Maníacos de Dnepropetrovsk. Eles começaram assassinando animais, mas como não havia legislação específica para puni-los, continuaram cometendo esses crimes.

Um dia, Viktor Sayenko e Igor Suprunyuck, decidiram ir além, e deram início a uma série de crimes contra andarilhos e transeuntes que encontravam em locais ermos. Quando foram presos, eles já tinham assassinado pelo menos 21 pessoas.

Além disso, pesquisando e escrevendo sobre serial killers no início dos meus 20 anos, quando desenvolvi alguns trabalhos sobre o tema, conheci inúmeros casos de criminosos realmente cruéis enviados para o corredor da morte nos Estados Unidos, e que foram executados por injeção letal.

Aos animais de várias espécies, seres que nunca nos fizeram nada, naturalizamos um fim que não raramente é até pior do que aquele destinado a quem matou dezenas de seus semelhantes. Exemplo disso são os animais degolados em matadouros. Não deveríamos pelo menos refletir mais a respeito?

Contribuição

Este é um blog independente, caso queira contribuir com o meu trabalho, você pode fazer uma doação clicando no botão doar:





Written by David Arioch

February 5th, 2017 at 11:50 pm

One Response to 'Serial killers e crueldade contra animais'

Subscribe to comments with RSS or TrackBack to 'Serial killers e crueldade contra animais'.

  1. Uma coisa, é, crueldade com animais, outra é comparar Bilhões de pessoas normais, que se alimentam de animais, com psicopatas! Ao lermos textos como este, cada vez mais se tem a impressão de que o veganismo está pedindo divórcio da realidade!
    Cada vez mais, perco minha simpatia pela causa vegana! Algo que à primeira impressão era de uma beleza ética, bastante utópica, porém, oriunda de um sentimento inocente, de pura compaixão pelos animais, se revela uma distopia natureba de um radicalismo insensato! Crianças mimadas de um mundo industrializado, que como tantas outras ideologias e religiões, querem deter o monopólio da moralidade! Extremamente ofensiva essa atitude de criminalizar uma fonte de alimentação humana e comparar com uma barbárie perpetrada por pessoas mentalmente desequilibradas! Decepcionante!
    Comparação absurda e ridícula!

    Marcel

    7 Feb 17 at 6:32 pm

Leave a Reply

%d bloggers like this: