David Arioch – Jornalismo Cultural

Jornalismo Cultural

Forças de Defesa de Israel oferecem refeições veganas a mais de 50 mil soldados

without comments

A preocupação em atender as necessidades dos soldados veganos começou em 2014

(Foto: Dan Balilty / AP)

Depois que soldados veganos realizaram um protesto em Israel, alegando que não havia nada para eles comerem nos refeitórios – já que quase todos os pratos continham carne, ovos e laticínios, as Forças de Defesa de Israel decidiram oferecer refeições veganas.

Hoje, mais de 50 mil soldados têm a oportunidade de optar por uma refeição livre de ingredientes de origem animal – e tudo isso graças a uma demanda de pouco mais de 500 soldados. De acordo com nota divulgada pela FDI, Israel assumiu um sério compromisso de atender as necessidades individuais de cada combatente, tanto que dedicaram três anos de pesquisa para concluírem um cardápio considerado ideal – nutritivo e benéfico para todos.

A alimentação dos soldados veganos inclui húmus, tahine, feijão em molho de tomate, azeitonas verdes, ervilhas, cuscuz, hambúrgueres de lentilha, halva (um tipo de bolo muito popular no Oriente Médio) e frutas. A maior prioridade é oferecer boas quantidades de proteínas e ferro, o que segundo a FDI é determinante para garantir a força dos combatentes.

A preocupação em atender as necessidades dos soldados veganos começou em 2014, com a reivindicação de uniformes sem pele de animais e lã. Já as refeições veganas, começaram a ser incluídas timidamente no cardápio dos soldados em 2015. Hoje, qualquer um, vegano ou não, pode optar por uma alimentação livre de ingredientes de origem animal.

O fato de haver uma consistente demanda vegana nas Forças de Defesa não surpreende tanto quem avalia o cenário israelense atual. Em meio a uma população de pouco mais de oito milhões de habitantes, já é possível encontrar mais de 400 restaurantes em Israel com opções para veganos, de acordo com a revista The Tower. Esse crescimento se deve ao fato de que atualmente Israel tem cerca de 300 mil veganos, sendo considerado o país onde o veganismo mais cresce, segundo a Jewish Telegraphic Agency.

Referências

Israelis growing hungry for vegan diet

http://www.npr.org/sections/thesalt/2015/12/10/459212839/why-so-many-israeli-soldiers-are-going-vegan

http://www.thetower.org/article/how-israel-became-the-global-center-of-veganism/

Israel has most vegans per capita and the trend is growing

Contribuição

Este é um blog independente, caso queira contribuir com o meu trabalho, você pode fazer uma doação clicando no botão doar:





Written by David Arioch

April 5th, 2017 at 12:19 pm

Leave a Reply

%d bloggers like this: