David Arioch – Jornalismo Cultural

Jornalismo Cultural

“Virei vegano naturalmente. O trauma marcou a minha existência”

without comments

“Minha mãe me mandou ir ao matadouro comprar cérebro de boi” (Arte: Boi, de Mykola Pymonenko)

Um camarada me relatou uma experiência que ele viveu há 44 anos em Alegre, Espírito Santo:

“Eu tinha 10 anos; minha mãe me mandou ir ao matadouro comprar cérebro de boi. Chegando lá, vi o boi ser amarrado ao poste central. Foi enfiado um punhal em sua jugular, ele começou a sangrar, foi perdendo as forças, ajoelhou e então olhei em seus olhos. Depois de morto, foi içado e os assassinos enfiaram uma mangueira em um buraco feito não sei como; então o cérebro saiu inteirinho. Finalmente, eles enfiaram o cérebro em um saco plástico e me entregaram. Peguei e paguei. Quando cheguei em casa, minha mão fez o cérebro e me obrigou a comer. Virei vegano naturalmente. O trauma marcou a minha existência.”





Written by David Arioch

April 27th, 2017 at 12:59 am

Leave a Reply

%d bloggers like this: