David Arioch – Jornalismo Cultural

Jornalismo Cultural

Dostoiévski: “Homem, não se orgulhe de sua superioridade em relação aos animais”

without comments

Ðóññêèé ïèñàòåëü Ôåäîð Ìèõàéëîâè÷ Äîñòîåâñêèé (1821-1881 ã. ã.).

Dostoiévski: “As feras não atingem jamais os refinamentos do homem” (Foto: Reprodução)

Compara-se por vezes a crueldade do homem com a dos animais selvagens; é uma injustiça para com estes. As feras não atingem jamais os refinamentos do homem.

O tigre dilacera sua presa e a devora; não conhece outra coisa. Por isso, ame todas as criaturas de Deus, do todo ao grão de areia. Ame cada folha, cada raio de luz. Ame os animais, ame as plantas, ame cada coisa, e assim você conhecerá os mistérios de Deus.

E quando perceber isso, você terá uma compreensão mais completa de que o mundo todo precisa ser amado, de forma abrangente e universal. Ame os animais. Deus deu aos animais uma consciência rudimentar e uma imperturbável alegria. Não se deve chateá-los ou privá-los de sua felicidade.

Não trabalhe contra os intentos de Deus. Homem, não se orgulhe de sua superioridade em relação aos animais. Eles não possuem pecados, enquanto você mancha a terra com tua grandeza, com tua aparição, deixando após ti um rasto de podridão — Ai! Quase todos nós!”

Citações de “Os Irmãos Karamázov”, de Fiódor Dostoiévski, publicado em 1879. Páginas 260, 352 e 353.

Written by David Arioch

December 27th, 2016 at 4:48 pm

Leave a Reply

%d bloggers like this: